Grounding e Maternidade

GROUNDING E MATERNIDADE

O conceito de “grounding” fala sobre estar em contato com a realidade e consigo mesmo. O enraizamento é a base da nossa sensação de segurança e confiança. É pisar o chão e estar sobre nossos pés e pernas podendo sustentar nossa vida, nossas idéias e saber nosso lugar no mundo.

Segundo o psicoterapeuta David Boadella, em seu livro “Correntes da Vida”, o bebê recém-nascidodescobre muitos “groundings”: em primeiro lugar no colo na mãe, quando está mamando e quando olha no rosto da mãe e encontra seu olhar.

Na vida adulta esse enraizamento desperta a autonomia e a coragem necessárias para fazer escolhas e tomar atitudes que permitam viver estas escolhas, assim, é no estado de grounding que o sujeito pode ir em direção as suas aspirações.

 

grounding


Desenvolver-se

“A criança se constitui como ser autônomo aonde os pais não estão, num espaço vazio que favorece a criatividade. Os pais intrusivos e que suprem todas as necessidades da criança não propiciam espaço para o seu filho se desenvolver. É evidente que exista uma lenta transição entre o bebê, que necessita depender totalmente de seus pais, e a criança, que começa a andar e falar. Nessa passagem os pais vão fornecer o contexto e cuidados para que a criança se desenvolva (saia do envolvimento) e aos poucos se torne livre para construir e seguir seu próprio repertório e seu próprio olhar sobre o mundo.”

Mariana Tezini, psicóloga e terapeuta familiar

 

14463063_1184524261607918_629019420770529276_n


O que transmitimos aos nossos filhos

Para refletir sobre o que ensinamos silenciosamente aos nossos filhos.
Bom dia com coragem para sermos felizes!

“Não há nada que tenha influência psíquica mais forte no ambiente circundante, especialmente sobre os filhos, do que a vida não vivida dos pais. Quando os pais descuidam de sua felicidade para procurar a felicidade dos filhos, deixam aos filhos uma herança má, uma má impressão do passado. Quem pensa muito na felicidade de seus filhos comete dois erros gravíssimos: não sabe procurar a felicidade própria, e os filhos, paradoxalmente, não aprendem essa arte difícil. Se os pais souberem amar a si próprios aqui e agora, os filhos aprenderão a fazê-lo. Adiar a felicidade para o futuro dos filhos significa deixar alguma coisa que não tiveram a coragem de realizar para a sua própria vida.”
Carl Jung

 

11146111_961307847262895_8416113799977970644_n

(foto da querida amiga Fernanda esperando o terceiro filho)

 

 


Curso Alimentação no desenvolvimento infantil

hadad

E pra começar bem o ano, no dia 18 de janeiro de 2014 vamos ter o curso “A importância da alimentação no desenvolvimento infantil”

Denise Haddad – arte educadora, consultora alimentar e assistente social, especializada em Educação Ambiental – USP, Ecologia Arte e Sustentabilidade – UNESP, psicoterapia corporal neo reichiana – LUMEN, instrutora de yoga.

Das 9 as 13hs
Investimento: R$108,00

Acompanha degustação e apostila.

Serão abordados temas como:
– Universo lúdico e proximidade da criança na elaboração dos alimentos.
– Alimentação viva. Germinação.
– Opções de cardápios saborosos, vitalizantes e energéticos.

Interessados entrar em contato para obter o conteúdo completo: 16 – 3472.4773