Desenvolver-se

“A criança se constitui como ser autônomo aonde os pais não estão, num espaço vazio que favorece a criatividade. Os pais intrusivos e que suprem todas as necessidades da criança não propiciam espaço para o seu filho se desenvolver. É evidente que exista uma lenta transição entre o bebê, que necessita depender totalmente de seus pais, e a criança, que começa a andar e falar. Nessa passagem os pais vão fornecer o contexto e cuidados para que a criança se desenvolva (saia do envolvimento) e aos poucos se torne livre para construir e seguir seu próprio repertório e seu próprio olhar sobre o mundo.”

Mariana Tezini, psicóloga e terapeuta familiar

 

14463063_1184524261607918_629019420770529276_n


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *